Um edifício do século XIX renasce como habitação temporária movida a energia solar, em Cambridge

Não importa onde você mora ou o que você faz para viver, há sempre uma chance do destino dar algumas reviravoltas, deixando você e sua família precisando de moradia temporária. O Departamento de Serviços Humanos de Cambridge, na Inglaterra, e o HMFH Architects de Cambridge uniram-se recentemente para construir um abrigo em um belo prédio do século XIX que já havia sido considerado condenado à demolição. Além de fornecer moradia segura e de curto prazo, o projeto oferece sustentabilidade em seu design.

Com grandes estruturas de alumínio dourado, em uma das mais importantes avenidas de Massachusetts, o edifício construído em 1885, já foi transformado em escritórios anos atrás, mas o tempo e poucos cuidados deixaram o prédio em condições precárias.

A prefeitura comprou a estrutura e destruiu completamente para dar lugar a dez unidades de alojamento familiar, cada uma oferecendo pequenas casas temporárias com banheiros privativos para um adulto e de um a dois filhos. Cada andar tem uma cozinha e área de jantar compartilhada pelos inquilinos. A equipe de projeto arquitetônico uniu forças com a Cambridge Historical Commission para garantir que o maior número possível de detalhes fossem restaurados ao seu estado original, do design das escadas dianteiras aos materiais de pintura, acabamento e cobertura.

O design sustentável também estava no topo da lista de objetivos do projeto. O prédio atende à meta de Cambridge de manter o uso de energia o mais próximo possível de zero, concomitantemente à geração de energia renovável suficiente para atender seu próprio consumo anual. Para conseguir isso, o edifício tem três tipos de telhas solares, sistemas mecânicos de eficiência máxima para diminuir as necessidades de aquecimento e resfriamento e iluminação LED operada por sensores. Paredes e isolamento de espessura dupla, juntamente com janelas e portas energeticamente eficientes, também ajudaram o projeto a atingir suas metas de energia.

“A nova residência oferece um ambiente acolhedor e confortável para as famílias e as crianças necessitadas ”, disse Ellen Semonoff, Assistente Social da Cidade de Cambridge. “A beleza e a funcionalidade do edifício permitem que as famílias sintam-se membros valiosos da nossa Comunidade.”

A Cambridge Historical Commission apresentou o Prêmio de Preservação de Cambridge de 2018 para homenagear conjuntamente o projeto e a cidade por seu trabalho.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *