Christo flutua uma escultura de barril de 600 toneladas no Lago Serpentine em Londres

O artista Christo construiu uma escultura flutuante de 20 metros de altura no lago Serpentine, em Londres, inspirada nos túmulos islâmicos. O London Mastaba – uma instalação temporária – é composto por 7.506 barris pintados que foram empilhados horizontalmente em uma plataforma flutuante feita de cubos de polietileno. Um equipamento de andaime de aço mantém os barris vermelho, rosa e azul no lugar e é ancorado ao lago por 32 pesos de seis toneladas.

Diz Christo: “As cores vão se transformar com as mudanças na luz e seu reflexo no lago Serpentine será como uma pintura abstrata.”

A estrutura colorida de 600 toneladas é uma homenagem à sua falecida esposa Jeanne-Claude, e fala da forma trapezoidal tradicional dos túmulos mastabas islâmicos, que têm suas origens na Mesopotâmia e foram adotadas pelos egípcios.

O London Mastaba de Christo cobre 1% da superfície do Lago Serpentine e foi totalmente auto-financiado pelo artista através da venda de obras anteriores. Em consonância com a crença de Jeanne-Claude em fazer arte livre, a estrutura flutuante – que é o primeiro grande trabalho ao ar livre do Reino Unido – era de livre visitação e ficou no local até 23 de setembro.

Christo e Jeanne-Claude são mais conhecidos por suas esculturas de barril e trabalharam em colaboração desde a década de 1960 até a morte de Jeanne-Claude em 2009.

Uma grande exposição do trabalho do casal, intitulada Christo and Jeanne-Claude: Barrels and The Mastaba, de 1958 a 2018, coincide com a instalação, realizada nas Serpentine Galleries de 19 de junho a 9 de setembro.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *