A CIDADE INTELIGENTE SOCIAL: POR QUE INTELIGENTE, POR QUE SOCIAL?

04

Ecossistemas urbanos inteligentes podem garantir um alto nível de qualidade de vida por baixos custos. Inovações tecnológicas oferecem novas formas de uso da cidade. Será assim na SMART CITY LAGUNA, primeiro modelo referência no desenvolvimento urbano e habitacional que a PLANET, junto com a RECS Architects, pretende exportar para outras realidades.

POR QUE INTELIGENTE, POR QUE SOCIAL? Leia mais

SMART CITY LAGUNA: O PROJETO PILOTO DE CROATÁ

03

SMART CITY LAGUNA é um projeto piloto de cidade social da PLANET para abrigar uma média de 25 mil habitantes e oferece um sistema que otimiza os quatro pilares básicos que o sustenta, demonstrando através da criação de um índice smartness, que mede a eficiência e inteligência do ecossistema urbano, com dados objetivos para o objetivo final da implementação de sistemas que consomem e poluem menos e, acima de tudo, custam menos. Leia mais

INSTITUTO PLANET REALIZA AULA DE CAMPO NA FAZENDINHA

FAZENDINHAFIMFIMFIMFIMF

Na última terça-feira (01/08), o Instituto Planet realizou a primeira aula de campo na Fazendinha, em parceria com o Polo de Atendimento ABC, com a Athus Ambiental e com o Nepau (UFC). Cerca de 30 pessoas, entre jovens e adultos, estiveram no espaço revitalizado pelo Instituto para realização de oficinas de produção de mudas, tratos culturais e colheita.

Na ocasião, os participantes aprenderam a iniciar sua própria horta urbana, replantaram mudas e ganharam mudas de hortaliças para cultivar em suas casas. Futuramente, o Instituto espera contar com a ajuda das pessoas capacitadas pelas oficinas para implantar o projeto de hortas urbanas na Smart City.

 

PORQUE CONSTRUIR CIDADES INTELIGENTES? COMO SERÁ A CIDADE DO FUTURO?

01

Hoje, as áreas urbanas ocupam 2% da superfície do planeta, abrigam 50% da população total, consome 75% da energia e produzem 80% do monóxido de carbono liberado na atmosfera. Os fluxos migratórios das áreas rurais aumentarão a população urbana dos atuais 50% para 80% do total, nos próximos 25 anos. Estima-se que, somente na Índia, 500 milhões de pessoas migrarão nos próximos 15 anos, para as cidades. Em um panorama geral, ao longo dos próximos 35 anos, as cidades do mundo aumentarão sua população em 2,5 bilhões de pessoas. O fenômeno afeta praticamente todos os países e pode ter diferentes impactos conforme a velocidade com que essas mudanças históricas estão ocorrendo. Leia mais

Cidade inteligente no Ceará promete tecnologia e sustentabilidade acessível

27.07.2017

Smart City Laguna oferece soluções inovadoras, planejamento urbano e possibilidade de emprego com custo acessível

Suprir o déficit habitacional é o princípio básico do mercado imobiliário. Mas ideias inovadoras têm conquistado o gosto de quem busca um imóvel. Imagine uma cidade dentro de outra, porém que oferece uma qualidade de vida diferenciada, capaz de unir os pilares da tecnologia, do planejamento urbano e da sustentabilidade. Essa é a ideia da Smart City Laguna, a primeira cidade inteligente social do mundo, que está sendo instalada em Croatá, distrito de São Gonçalo do Amarante, no Ceará. Leia mais

O INSTITUTO PLANET APOIA A CULTURA LOCAL!

5451

A Planet Smart City tem as pessoas como seu epicentro e busca promover o envolvimento dos cidadãos, fazendo com que se tornem protagonistas na concepção e transformação de espaços públicos. É papel do Instituto Planet conhecer o que está sendo feito na região da Smart City e apoiar projetos que objetivam o desenvolvimento de pessoas, da região e a edificação da Cidade Inteligente Social.

A cultura tem um papel importante para a população e para a cidade que investe neste bem tão precioso. Pensando nisso, o Instituto Planet apoiará a realização do curta-metragem “Santo de Casa não faz milagre”, uma realização da Anacetaba Filmes, produtora formada por jovens de São Gonçalo do Amarante (CE). O filme será gravado em grande parte no distrito de Siupé, São Gonçalo do Amarante. Trata-se de uma comédia matuta e tem previsão de lançamento em novembro de 2017.