Fortes e Ousadas: conheça Kate Sheppard, ativista da conquista do primeiro voto feminino no mundo

“Não pense que seu voto único conta pouco. A chuva que esfria a terra árida é feita de gotas únicas.” Em 1893, Kate Sheppard (1848-1934) conseguiu reunir a assinatura de 32 mil mulheres para que o parlamento local aprovasse o direito ao voto delas. O documento tinha 270 metros de comprimento, garantiu que as mulheres da Nova Zelândia pudessem votar e inspirou movimentos parecidos ao redor do mundo. Leia mais

Fortes e Ousadas: conheça a história das irmãs e escritoras Brontës

“A beleza está nos olhos de quem vê.” Os Brontës foram uma família literária do século XIX. As irmãs, Charlotte (1816-1855), Emily (1818-1848) e Anne (1820-1849) foram escritoras e poetisas inglesas bem conhecidas do grande público. Semelhante de muitas escritoras da sua época, inicialmente elas publicaram os seus poemas e romances sob pseudônimos masculinos: Currer, Ellis e Acton Bell, respectivamente. Os seus livros tiveram bastante sucesso assim que foram publicados. ‘Jane Eyre’ de Charlotte foi o primeiro romance a ser publicado, seguido de ‘Wuthering Heights’ de Emily e ‘The Tenant of Wildfell Hall’ de Anne. Leia mais

FORTES E OUSADAS: Conheça Rita Levi, neurocientista laureada com o prêmio Nobel

Considero o Nobel superior a meus méritos, talvez fosse mais justo que este reconhecimento valorizasse uma carreira cientifica inteira e o comportamento ético dos cientistas”.

Nasceu em 22 de abril de 1909, em Turim, de família judia. Rita e sua irmã gêmea, Paola, eram as mais novas dos quatro filhos de Adele Montalcini, pintora, e de Adamo Levi, engenheiro eletricista e matemático.

Na adolescência, Rita chegou a considerar uma carreira de escritora. Depois de ver um amigo íntimo da família morrer devido a um câncer de estômago, ela decidiu cursar medicina na Universidade de Turim. Leia mais

FORTES E OUSADAS: Conheça Maria da Penha, símbolo de luta e resistência para as mulheres

“Muitas vezes, o agressor é dócil em público”.

Maria da Penha Maia Fernandes nascida em Fortaleza, no Ceará, é uma farmacêutica brasileira que lutou para que seu agressor viesse a ser condenado. Maria da Penha tem três filhas e hoje é líder de movimentos de defesa dos direitos das mulheres, vítima emblemática da violência doméstica. Leia mais

FORTES E OUSADAS: Conheça Ruth Bader, símbolo do pensamento mais progressista da sociedade americana e um ícone pop.

“Nenhuma lei ou política deveria negar às mulheres plena cidadania…”

Ruth Bader Ginsburg nasceu no bairro de Flatbush, no Brooklyn, em Nova York, em 1933, de pais imigrantes judeus. Depois de se formar na Universidade de Cornell em 1954, ela se casou com Marty Ginsburg e, pouco depois, teve seu primeiro filho. Enquanto estava grávida, foi “rebaixada” no trabalho, em um escritório de assistência social. O fato de ter tido o salário reduzido na época – a discriminação contra mulheres grávidas ainda era legal nos anos 50 – a levou a esconder sua segunda gravidez anos depois.

Em 1956, ela se tornou uma das nove mulheres matriculadas na Faculdade de Direito de Harvard – onde, em um episódio que depois ficaria famoso, o reitor provocou as estudantes pedindo que justificassem o fato de terem “tomado o lugar” que seria dos homens na instituição. Leia mais

FORTES E OUSADAS: Conheça Nellie Bly, pioneira das reportagens investigativas

“Nunca escrevi nenhuma palavra que não tenha saído do meu coração. E nunca farei isso.” A norte-americana Elizabeth Cochran Seaman (1864-1922), que assinava com o pseudônimo de Nellie (Nelly) Bly, iniciou sua carreira jornalística cedo, atacando uma coluna de conteúdo misógino publicada pelo Pittsburgh Dispatch. O editor do jornal ficou tão impressionado com o estilo da moça que acabou por contratá-la em 1880. Leia mais

FORTES E OUSADAS: Conheça Nina Simone, ícone do jazz, ativista e grande defensora dos direitos civis

“Liberdade é não ter medo.” Eunice Waymon é o nome de batismo. Nina Simone (1933-2003) é o de guerra. Nina mudou de nome ao começar a cantar em cabarés escondida de seus pais. Saiu da Carolina do Norte, nos EUA, para ser imortalizada no mundo cantando jazz, blues, folk, soul, entre outros ritmos. Com sorriso e carisma maiores do que seu imenso coração, a diva negra é a voz da famosa canção Feeling Good. Leia mais