FORTES E OUSADAS: Conheça a história de Jingú, a Imperatriz Guerreira que conquistou a Coreia

“Brandindo nossas armas, vamos enfrentar as ondas.” Jingū (Japão, 169-269) , que ficou conhecida na história do Japão como a “Imperatriz Guerreira”, era mulher de Chûai Tennô, 140° imperador do Japão no final do primeiro século antes de Cristo. O imperador Chûai, apesar de filho do legendário guerreiro Príncipe Yamato Takeru no Mikoto, tinha uma constituição física debilitada e era muito cauteloso quanto as decisões políticas do Império japonês. Vivia enfermo, por isso sua mulher, a imperatriz Jingū foi nomeada regente do trono. Leia mais

FORTES E OUSADAS: conheça a história de Mary Kom, primeira boxeadora da Índia a ser campeã mundial

“Eu não posso viver sem box. Eu amo isso”.

Chungneijang Mary Kom Hmangte , mais conhecida como Mary Kom é a primeira boxeadora da Índia a se tornar campeã mundial de boxe.

Ela veio de uma família pobre, seus pais eram fazendeiros que trabalhavam no campo. Mary cresceu em um ambiente humilde, ajudando seus pais com tarefas relacionadas a fazenda, indo à escola e aprendendo atletismo inicialmente e depois treinando boxe, simultaneamente. Estudou na Escola Católica de São Xavier. Foi nesse momento que um indiano, Dingko Singh, retornou dos Jogos Asiáticos de Bangkok de 1998 com uma medalha de ouro. Isso inspirou muitos jovens a tentarem o boxe, e ela também pensou em tentar. Leia mais

FORTES E OUSADAS: conheça a história de Margareth Thatcher, a primeira mulher a chegar ao cargo de primeira-ministra da Grã-Bretanha

“Gostaria que você soubesse que existe dentro de si uma força capaz de mudar sua vida. Basta que lute e aguarde um novo amanhecer”. A ‘dama de ferro’ como ficou conhecida, a britânica Margareth Thatcher (1925-2013) com sua personalidade forte foi a primeira mulher a chegar ao cargo de primeira-ministra da Grã-Bretanha e bateu o recorde no poder ao permanecer por 11 anos no comando. Leia mais

FORTES E OUSADAS: conheça a história da ciclista italiana Alfonsina Strada, a primeira mulher a competir em uma corrida masculina

“Ninguém pode parar a minha bicicleta.” Alfonsina Strada (1891-1959) foi uma ciclista italiana, a primeira mulher a competir em uma corrida masculina, como o Giro da Lombardia, em 1917. É considerada entre as pioneiras da participação feminina no esporte. Foi a segunda de dez filhos de um casal de trabalhadores analfabetos que trabalhavam no campo da região da Emília. A sua primeira bicicleta foi uma do seu pai, à beira do desgaste, mas ainda funcionava. Leia mais

FORTES E OUSADAS: conheça a história de Wang Zhenyi, uma cientista chinesa à frente do seu tempo

“As mulheres são as mesmas que os homens, você não está convencido? As filhas também podem ser heroicas.” Wang Zhenyi (1768-1797) foi uma cientista chinesa da dinastia Qing. Mulher muito forte e inteligente, ela violou os costumes feudais da época, que impediam os direitos das mulheres, ao trabalhar arduamente para se educar em assuntos como astronomia, matemática, geografia, medicina e poesia. Sua família consistia em seu avô, avó e pai. Seu avô tinha um intelecto amplo e profundo com grande amor pela leitura e possuía uma coleção de mais de 75 estantes de livros. Ele foi seu primeiro professor em astronomia. Leia mais

FORTES E OUSADAS: conheça a história da bailarina cubana Alicia Alonso, um dos ícones do ballet mundial

“Não há vida fora do palco. Sem isso, não vivo.” Nascida em Cuba, a bailarina Alicia Alonso (97 anos) se mudou com a família ainda pequena para a Espanha, quando teve os primeiros contatos com o universo do ballet. Aos 11 anos, retornou à sua terra natal e começou a ministrar aulas de ballet na Sociedade Pró-Arte Musical, por incentivo de Nikolai Yavorsky, um militar que era apaixonado pela dança, mas tinha poucos conhecimentos técnicos. Leia mais

FORTES E OUSADAS: conheça a história Alek Wek, ex-refugiada que tornou-se top model e ícone mundial da causa humanitária

 

“Quando a beleza brilha de dentro é impossível negá-la.” De ex-refugiada a top model, Alek Wek é um ícone mundial em defesa da causa humanitária dos refugiados. Ela não sabe exatamente o dia ou ano em que nasceu (seu povo não guarda datas de aniversário), só se lembra que foi durante a estação de chuvas, na província de Wau, no Sudão do Sul. Originária do grupo étnico sudanês dinka, sua família se refugiou na Inglaterra, em 1991, para escapar da guerra civil entre o norte muçulmano e o sul cristão. Leia mais